Repositório Institucional do IFRS - Página Inicial

Manejo de dossel vegetativo e épocas de aplicação de iprodiona para controle de podridão cinzenta em cachos de videira

Show full item record

Title: Manejo de dossel vegetativo e épocas de aplicação de iprodiona para controle de podridão cinzenta em cachos de videira
Author: Tonello, Júlio César
Abstract: Doenças fúngicas tem trazido grandes prejuízos sendo um fator limitante à expansão da viticultura. Entre as doenças de maior importância está a podridão cinzenta causada pelo fungo Botrytis cinerea. Para o seu controle, diferentes fungicidas químicos estão registrados além de ser crescente o estudo com agentes de controle biológico e indutores de resistência. Porém, pesquisas recentes destacam a necessidade de buscar a combinação de diferentes estratégias utilizadas de forma associada. O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito das aplicações de fungicida químico em diferentes estádios fenológicos associado com o efeito da poda em verde para o controle da podridão cinzenta. O ensaio foi conduzido na safra 2015/2016 no município de Bento Gonçalves-RS, com videiras da cultivar Rieling Itálico, sustentadas em sistema latada. Realizou-se a aplicação de fungicida Rovral 500® SC (princípio ativo iprodiona) em seis diferentes estádios fenológicos da videira (19, 25, 33, 35, 28 dias antes do estádio 38, 14 dias antes do estádio 38) com e sem a realização de poda em verde. As aplicações foram divididas em duas fases do ciclo vegetativo (Precoce e Tardio). A combinação desses fatores em todos os seus níveis geraram um fatorial com oito tratamentos. Para a avaliação, foi analisado o percentual de severidade do progresso da doença e a incidência e severidade no momento da colheita. Foi realizado análise de variância e as médias foram comparadas pelo teste de Tukey a 5% de significância pelo programa SPSS. A aplicação nos diferentes estádios fenológicos diminuiu significativamente a incidência (0%) e a severidade (1,8%) de podridão cinzenta, quando comparado com a testemunha (100% e 11,5%, respectivamente). A poda em verde teve efeitos significativos somente reduzindo o percentual de incidência de podridão cinzenta nos tratamentos sem aplicação de produtos químicos e onde foi aplicado em todas as fases fenológicas (25,0% e 48,6%, respectivamente).
URI: https://dspace.ifrs.edu.br/xmlui/handle/123456789/308


Files in this item

Files Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Browse

My Account